A história das editoras cartoneras começa com um toque de fábula trágica. Era uma vez um país abaixo da famosa linha do Equador mergulhado em mais uma de suas costumeiras crises cíclicas. É o contexto no qual emerge a primeira editora cartonera do mundo; hoje calcula-se que funcionam mais de 150 no mapa do planeta.

Criadas por pequenos grupos de pessoas ligadas ao fazer literário e cultural, em certos casos também a coletivos com preocupações políticas e sociais, as editoras cartoneras funcionam muitas vezes como propostas de intervenção para lançar vozes e linguagens de sujeitos sempre silenciados, para tornar a escrita e a leitura práticas de maior incidência na vida quotidiana, sobretudo entre setores que historicamente estiveram à margem da cultura letrada.

Os livros cartoneros levam-nos para o mundo da economia solidária e das alternativas económicas, mas sobretudo para a área da democratização do livro. São fabricados – em parte – de modo artesanal e as suas capas são de cartão reutilizado, fazendo com que cada livro seja um exemplar único.

Em 2021, a realidade dos livros cartoneros entrou na Comunidade Sinergias ED e assim nasceu a Pachamama Editora Cartonera. Esta editora informal, deseja unir a linguagem cartonera com o mundo da Educação para o Desenvolvimento e Cidadania Global, levando o desafio dos livros cartoneros aos vários territórios onde o projeto tem membros da sua comunidade, potenciando dinâmicas regionais.

Catálogo de edições cartoneras

Recursos para oficinas cartoneras

O que é um livro cartonero?

Como construir um livro cartonero?

Atividades dinamizadas pela Pachamama

Este workshop envolveu, além das técnicas da Biblioteca, famílias que levaram a arte dos livros cartoneros como aprendizagem. Os livros cartoneros servirão como produto das atividades de escrita criativa dinamizadas pela Biblioteca Municipal junto das crianças.

A dinamização deste workshop contou com o apoio da Comunidade Sinergias ED.

Veja mais registos fotográficos aqui e veja a divulgação no facebook da Biblioteca Municipal de Ferreira do Alentejo aqui.

Um grupo de jovens que integra o projeto Coolaboratório desenvolveu várias iniciativas de cidadania ativa e, no seguimento destas, criou um livro sobre os 30 Direitos Humanos. Neste livro, os jovens colocaram poemas, músicas, vídeos, fotografias, entre outros recursos ou ligações que consideraram ilustrar ou promover a reflexão sobre um dos 30 Direitos.

Estes conteúdos compuseram uma edição de livros cartoneros realizados num workshop que decorreu na CooLabora e que juntou mais de 20 pessoas à volta de pedaços de cartão, que depois de transformados em capas personalizadas e com mensagens também elas em sintonia com os conteúdos, se transformaram em poderosas ferramentas de reflexão. Este workshop juntou jovens do Coolaboratório e jovens de duas outras instituições, numa reflexão/ação que segue com a exposição Universo dos Livros Cartoneros, onde passará a estar integrado um dos exemplares produzidos.

O workshop foi realizado pela CooLabora em articulação com o projeto Sinergias ED. Leia uma notícia sobre ele aqui.

Este workshop envolveu estudantes estagiárias de Educação Básica. Surgiu assim a edição do livro coletivo “Histórias para melhorar o mundo – olhares em ponto pequeno” que acolhe 13 pequenos contos escritos e ilustrados por crianças do Jardim de Infância e 1º ciclo de diversas escolas de Viana do Castelo, sobre temáticas diversas ligadas à sustentabilidade e à ecologia.

As estudantes estagiárias replicaram depois com as suas turmas a edição do livro coletivo “Histórias para melhorar o mundo – olhares em ponto pequeno”. Cada criança pode levar para casa o seu original construído à mão por si que continha o conto criado pela sua turma.

Foi realizado com o apoio do Camões, I.P., da Universidade do Porto e do Projeto #PeopleAndPlanet promovido pelo IMVF #DEARProgramme.

Um primeiro workshop decorreu no Instituto Politécnico de Beja com alunos e alunas deste Instituto e da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, e com outros membros da comunidade local. Este workshop centrou-se numa 2ª edição do “Dicionário das inDependências”, que surgiu em 2021 no âmbito da Escola Comunitária Sinergias ED como uma ferramenta pedagógica e reflexiva que ajuda a questionar a nossa própria Eco e InterDependência.

O segundo workshop realizou-se na Escola Secundária com 3º Ciclo Dom Manuel I, também em Beja, com uma turma de 7º ano que havia preparado, nas disciplinas de Ciências da Natureza e Inglês, uma mensagem ambiental para a sua edição cartonera.

No total, cerca de 70 pessoas desta cidade puderam experimentar e criar o seu próprio livro cartonero.

Esta atividade contou com o apoio do Camões, I.P., da Reitoria da Universidade do Porto e do Projeto #PeopleAndPlanet promovido pelo IMVF #DEARProgramme.

O workshop decorreu na Casa do Arco do Bispo em Castelo Branco e contou com a participação dos/as alunos/as da Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense (ETEPA) que desenvolveram a arte dos livros Cartoneros baseados em lendas da Cidade Albicastrense.

Este Workshop decorreu no âmbito da exposição “Universo Cartonerodinamizada na cidade pela Associação EcoGerminar em consórcio com a Animar e a Junta de Freguesia de Castelo Branco e da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Desde o início da Pachamama Editora Cartonera, qual metáfora bíblica, a Eva Cartonera tem sido um apoio fundamental neste caminho de levar a arte dos livros cartoneros a vários locais do país. Em abril, a Pachamama e a Eva cruzaram-se em Lisboa e trocaram acervos de livros cartoneros.

Os livros da Eva Cartonera foram levados como exemplos para os vários workshops dinamizados e integraram uma exposição em Viana do Castelo.

Exposição Cartonera “Histórias para melhorar o mundo – olhares em ponto pequeno”

De 3 a 20 de maio de 2022

Biblioteca Professor Luís Mourão – ESE-IPVC

Do workshop cartonero realizado em Viana do Castelo nasceu uma exposição de livros cartoneros que esteve exposta entre 3 e 20 de maio na Biblioteca Professor Luís Mourão da Escola Superior de Educação – IPVC e que albergou os vários exemplares criados pelas estudantes desta instituição e ainda um acervo com alguns exemplares da Eva Cartonera, uma das poucas editoras cartoneras em Portugal.

Esta exposição foi realizada com o apoio do Camões, I.P., da Reitoria da Universidade do Porto e do Projeto #PeopleAndPlanet promovido pelo IMVF #DEARProgramme.

Exposição “O Universo dos Livros Cartoneros – uma itinerância por Portugal”

De 11 de maio a 12 de junho de 2022

Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago

Os exemplares mais criativos dos workshops de Beja integraram a exposição “Universo dos Livros Cartoneros – uma itinerância em Portugal” que alberga mais de 120 exemplares de livros cartoneros vindos de 19 países diferentes – da América Latina ao continente europeu.

Esta exposição contou com uma parceria entre a Oficina de Ecologia e Sociedade do CES, a editora Vento Norte Cartonero, a Casa da Esquina, a Animar e suas associadas e o projeto Sinergias ED.