O artigo “Haverá espaço para Educação para o Desenvolvimento numa sociedade do espetáculo?”, procura refletir criticamente sobre o papel da Educação para o Desenvolvimento (ED) e Educação para a Cidadania Global (ECG), a partir do projeto Sinergias ED.

Escrito por quatro investigadoras envolvidas no projeto, o texto inicia com a pergunta “Mas como pode, então, ser entendida a ED/ECG no contexto português?”. Esta questão complexa é respondida a partir da experiência de trabalho da Fundação Gonçalo da Silveira (FGS) nos últimos 15 anos.

De acordo com a prespetiva apresentada, a ED é concebida, acima de tudo, como um processo de aprendizagem reviestido por quatro dimensões essenciais: pedagógica, política, colaborativa e ética.

O artigo prossegue com a partilha do exemplo da Revista Sinergias – diálogos educativos para a transformação social, a primeira revista científica portuguesa dedicada à ED, enquanto processo e ferramenta de co-construção e disseminação de visões, representações e conhecimento(s) críticos. Nesta secção, as leitoras e os leitores poderão saber mais sobre alguns aspetos cuidados e promovidos pela revista, tal como a Colaboração sinérgica, a Diversificação linguística, geográfica e cultural, a Diversidade de saberes, a Alternação dos formatos e a Revisão agregadora.

O artigo encerra com a questão “Que espaço para a ED/ECG?” cuja reflexão estimula a pensar sobre a concretização dos princípios da ED/ECG numa sociedade cada vez mais imersa no espetáculo.

Pode ler o artigo completo em https://mundocritico.org/revista/havera-espaco-para-educacao-para-o-desenvolvimento-numa-sociedade-do-espetaculo/ que foi publicado no número da revista Mundo Crítico dedicado à temática “As representações do mundo no mundo das representações” disponível aqui.

Published On: 19/12/2023

Compartilhe nas suas redes

VER OUTRAS NOTÍCIAS