HomeRevistaPublicações RecentesReferencial de Educação para o Desenvolvimento nas Instituições de Ensino Superior: reflexões e experiências

Referencial de Educação para o Desenvolvimento nas Instituições de Ensino Superior: reflexões e experiências

 

 

Apresentação

 

Na senda do processo de sedimentação da Educação para o Desenvolvimento (ED) em contexto escolar, surge em 2016, o Referencial de Educação para o Desenvolvimento – Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário, uma publicação conjunta da Direção-Geral da Educação, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., do CIDAC - Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral e da FGS - Fundação Gonçalo da Silveira.

Mais um documento orientador? Será útil e utilizável por educadores/as e professores/as? Que usos poderá ter? Cinge-se apenas aos ciclos básico e secundário?

Para responder a algumas destas questões, propusemos a instituições de ensino superior (IES) a experimentação do Referencial ED, não só em contexto concreto de formação em educação, mas também noutras áreas como comunicação e informação, no âmbito do projeto O Referencial de Educação para o Desenvolvimento na Formação Inicial de Educadores/as e Professores/as.

Finalizando um percurso feito em conjunto, preparou-se um documento que consolida os principais conteúdos resultantes das várias atividades do projeto. Das sessões de apresentação do Referencial ED, às experiências da sua aplicação e respectivo registo e acompanhamento, este foi um caminho que nos pareceu importante partilhar com outros públicos.

A publicação Referencial de ED nas Instituições de Ensino Superior: reflexões e experiências condensa três eixos resultantes desse processo:

  • Perspectivas sobre os usos possíveis do Referencial ED – apresentação de experiências de aplicação do documento em IES, com acesso a fichas com informação detalhada e contactos para poder saber mais.
  • Articulações possíveis com documentos recentes de política educativa nacional - os quais criam condições favoráveis à fertilização de processos de ED no âmbito do sistema educativo formal, e que por extensão, tornam oportuno e relevante o recurso ao Referencial de ED.
  • Desafios e aprendizagens – ao longo dos processos de experimentação identificaram-se potencialidades mas também obstáculos à utilização do Referencial de ED na formação inicial de professores/as e educadores/as, reflexões centrais para experiências futuras.

Esperamos que a leitura da publicação estimule novas e criativas utilizações do Referencial de ED, de forma a que este continue a “ganhar novas vidas” e se constitua como uma base para a criação de situações educativas que despertem alunos e alunas para as desigualdades locais e globais. Desejamos que seja um ponto de partida para a multiplicação de oportunidades de diálogo, de questionamento crítico, de descoberta das próprias vozes e lugares no mundo e um incentivo à imaginação e ao compromisso com alternativas capazes de alicerçar transformações.

“Referencial de ED nas Instituições de Ensino Superior: reflexões e experiências” foi produzido no âmbito do projeto O Referencial de Educação para o Desenvolvimento na Formação Inicial de Educadores/as e Professores/as, copromovido pelo CIDAC - Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral e pela FGS - Fundação Gonçalo da Silveira, com o apoio financeiro do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.