HomeRevistaPublicações RecentesConstruir Alternativas - Propostas Pedagógicas Para A Reflexão E A Mobilização Para A Transformação Social

Construir Alternativas - Propostas Pedagógicas Para A Reflexão E A Mobilização Para A Transformação Social

 

 

Apresentação

O recurso pedagógico “CONSTRUIR ALTERNATIVAS” é fruto do projeto Alternativas – Experiências Locais para uma Transformação Global, uma iniciativa da sociedade civil organizada, coordenada pela Fundação Gonçalo da Silveira em parceria com a CooLabora, a Fundação Fé e Cooperação, o Instituto Politécnico de Leiria e a Rede Inducar e co-financiada pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua. Este projeto, que decorreu de 2016 a 2018, teve como grande objetivo aprofundar e promover processos de reflexão e de aprendizagem sobre os valores, as atitudes e os comportamentos conducentes a uma transformação social promotora de sociedades mais justas, inclusivas e sustentáveis, assumindo como lente de leitura da realidade atual das nossas sociedades, a relação constante de interdependência entre local e global. O seu foco de análise foram Iniciativas Locais de Mudança(ILM) em Portugal, que dão corpo a formas alternativas de pensar e agir face a expectativas, necessidades e aspirações individuais e coletivas, e que abrem portas a outros futuros possíveis.

Metodologicamente, o recurso foi criado a partir de uma abordagem pedagógica de Educação para a Cidadania Global. Esta é entendida como um processo educativo transformador, crítico, dialógico e potenciador de esperança, que apoia a construção de sociedades mais justas, equitativas e sustentáveis. Colocando a tónica no desenvolvimento de uma literacia crítica dos e das participantes e a partir também de uma abordagem de educação não formal, os princípios pedagógicos em que se baseiam as atividades apresentadas são os seguintes:

  1. Participação livre e voluntária;
  2. Processos pedagógicos centrados na pessoa e nas suas experiências;
  3. Validade e contextualização do conhecimento;
  4. Parcialidade e necessidade de questionamento do conhecimento;
  5. Relação educativa horizontal e emancipatória;
  6. Promoção de locais seguros de crítica e questionamento.

“Construir Alternativas” está estruturado em torno de três grandes desafios independentes entre si, embora tenham um carácter de complementaridade. Por isso, as várias atividades apresentadas podem ser dinamizadas separadamente, sem ser necessário seguir um percurso de aprendizagem pré-definido.

Enquanto ferramenta pedagógica, este recurso poderá ser utilizado em contexto de educação formal enquadrado na nova área curricular de Cidadania e Desenvolvimento, seja como base para sessões esporádicas, seja como base para levar a cabo um projeto trimestral ou semestral que aborde várias iniciativas de transformação social ligadas aos territórios onde os estabelecimentos de ensino se inserem. As várias atividades podem também ser trabalhadas em contexto de ensino superior, numa lógica de workshop ou como base para trabalhos de pesquisa e estudos de caso. Num contexto de educação não formal, todos os desafios podem ser utilizados como ferramentas de construção e desenvolvimento de espírito crítico individual e coletivo sobre temas transversais essenciais para a nossa vida. Num contexto organizacional, todos os desafios podem ser utilizados, seja por equipas diretivas, seja técnicas, de Organizações da Sociedade Civil, como ferramentas para promover reflexão e questionamento interno sobre temas estruturais como a transformação social e a justiça social. Várias das atividades propõem exercícios internos de conhecimento da organização e podem até ser utilizados em momentos de planeamento estratégico.

Este recurso pedagógico é complementado por outros resultados do projeto Alternativas, que podem ser encontrados na plataforma digital do projeto, nomeadamente: i) Um Mapa de Iniciativas onde consta o resultado do mapeamento de Iniciativas Locais de Mudança que são exemplo de transformação social nos seus territórios, levado a cabo a nível nacional; ii) Uma Carta Aberta para a Transformação Social que pretende ser um ponto de partida para se discutir este tópico e mobilizar para a ação em distintos contextos; iii) Um Documentário que regista o trabalho de terreno levado a cabo nestas quatro iniciativas; iv) Uma Publicação, que está em processo de finalização, sobre o trabalho de terreno levado a cabo em quatro iniciativas específicas e que nos ajuda a perceber como a transformação social flui na sua história e no seu trabalho.