HomeRevistaPublicações recentesAs invasões francesas - identidade, memória e Educação para o Desenvolvimento

As invasões francesas - identidade, memória e Educação para o Desenvolvimento


 

Apresentação

O estudo foi realizado no contexto do “Educar para Cooperar: a Rota Histórica das Linhas de Torres e a Cidadania Global”, um projeto que teve como objetivo desenvolver recursos e formar alunos, professores e atores de desenvolvimento local de seis Municípios para as temáticas e valores da Educação para o Desenvolvimento (ED) de forma a mobilizá-los para a promoção da Cidadania Global, a partir da ligação da ED ao património da Rota Histórica das Linhas de Torres.

A investigação desenvolvida analisou as correlações existentes entre os factos históricos associados ao património da Rota Histórica das Linhas de Torres (RHLT) e os temas de Educação para o Desenvolvimento (ED).

O estudo desta correlação e de todos os seus vetores revelou ser fundamental para se aprender com o passado, analisar o presente e projetar o futuro no sentido de promover sociedades mais justas e sustentáveis.

Nas conclusões refere-se que o património cultural local, como é o caso das Linhas de Torres, inspira uma viagem ao passado comum de cada comunidade, mais próximo das suas origens culturais, servindo de veículo prioritário para uma observação empírica, que permite a extrapolação geográfica (para outros locais do mundo) e temporal (para os dias de hoje). Assim, poderá tornar mais realista e empática a apreciação de situações passadas.

A partir da análise dos factos históricos explorados na RHLT, do enquadramento da ED e do trabalho realizado pelas equipas técnicas dos Centros de Interpretação das Linhas de Torres e dos Municípios, tornam--se claras as possibilidades de valorização do património da RHLT à luz da ED e as mais-valias de o fazer. O estudo apresenta exemplos de como trabalhar esta associação em sala de aula e na comunidade.

Cofinanciado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e pela Fundação Montepio, o projeto foi promovido pela AIDGLOBAL em parceria com os Municípios de Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira, e ainda pelo Centro de Formação de Loures Oriental.

 

Presentation

The study was carried out within the framework of "Educate to Cooperate: the Historical Route of the Torres Lines and Global Citizenship", a project which aimed to develop resources and to train students, teachers and local development actors from six Municipalities in the topics and values of Development Education (DE) in order to engage them in the promotion of Global Citizenship, from the connection of DE to the heritage of the Historical Route of the Torres Lines.

The research carried out analyzed the correlations between the historical facts associated with the Heritage of the Torres Lines and the themes of Development Education (DE).

Studying this correlation and all its vectors has proved to be fundamental to learn from the past, analyzing the present, and projecting the future to promote more just and sustainable societies.

In the conclusion, it is stated that local cultural heritage, such as the Torres Lines, inspires a trip to the common past of each community, closer to its cultural origins, serving as a priority vehicle for an empirical observation that allows the geographical extrapolation (to other places in the world) and temporal (to the present day). Thus, it can make the appreciation of past situations more realistic and empathic.

From the analysis of the historical facts explored in the Historical Route of the Torres Lines, of the DE framework and of the work carried out by the technical teams of the Interpretation Centers of the Torres Lines and the Municipalities, the possibility of valuing the Torres Line patrimony in light of DE and the added value of doing it become clear. The study presents examples of how to carry out this association in classrooms and in communities.

Co-financed by Camões – Cooperation and Language Institute, I.P. and by Fundação Montepio, the project was promoted by AIDGLOBAL in partnership with the Municipalities of Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras and Vila Franca de Xira, and also by the Centro de Formação Loures Oriental.