HomeRevistaResumos de TesesFormação, colaboração e reflexão interpares para a promoção da Educação em Direitos Humanos em contexto escolar: um estudo com professores do Ensino Básico

Arquivo

Categorias principais

Formação, colaboração e reflexão interpares para a promoção da Educação em Direitos Humanos em contexto escolar: um estudo com professores do Ensino Básico

 

Título da dissertação: Formação, colaboração e reflexão interpares para a promoção da Educação em Direitos Humanos em contexto escolar: um estudo com professores do Ensino Básico

Autor/a: Dalimar da Silva

Natureza do estudo: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica

Instituição: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Ano: 2016

Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1676

 

Resumo

A aceleração das mudanças sociais e o processo da globalização exigem uma estratégia de educação para a Cidadania e para os Direitos Humanos, que contemple a formação de uma sociedade consciente de seus direitos e deveres, para que, de uma forma crítica, construa soluções para as crescentes problemáticas sociais. A escola, por ser uma instituição social de caráter formativo, deve promover uma abordagem educativa que integre essa visão de educação comprometida com o desenvolvimento e cidadania global. Esta investigação pretende analisar os contributos que a formação e o trabalho colaborativo têm no desenvolvimento profissional dos professores, centrado na reflexão e na promoção dos Direitos Humanos em contexto escolar. Foi adotada uma metodologia qualitativa, optando-se pelo estudo de caso. Participaram no estudo 21 professores e 42 alunos do 2º CEB de Viana do Castelo. Para a recolha de dados recorreu-se aos seguintes instrumentos: questionários, entrevistas, observações e análise de documentos. A análise dos resultados obtidos permite-nos inferir que a formação analisada e o trabalho colaborativo, além de contribuírem para a promoção da Educação em Direitos Humanos em contexto escolar, constituíram-se como estratégias de desenvolvimento profissional dos professores, pois além dos conhecimentos adquiridos permitiram-lhes o confronto com outras práticas e a reflexão com os pares sobre as mesmas, no sentido de as aperfeiçoar. Os alunos envolvidos nas atividades realizadas na escola também beneficiaram, não apenas pelo que aprenderam, mas também pelas competências desenvolvidas tais como a oralidade, o saber relacionar-se com os outros e a capacidade de resolução de problemas. Apesar de professores e alunos demonstrarem familiaridade e interesse nos temas de Cidadania Global e Direitos Humanos, a sua integração no cotidiano escolar de forma transversal e sistemática está longe de ser uma realidade, sobretudo no que concerne à relação entre o local e o global. É, por isso, necessário que estas temáticas sejam aprofundadas tanto na formação inicial, como na formação contínua e pós-graduada de professores.

Palavras-chave: Supervisão; Formação; Reflexão Interpares; Trabalho Colaborativo; Direitos Humanos.

 

Abstract

The acceleration of social change and the globalization process require an education strategy for Citizenship and Human Rights, which contemplates the formation of a society aware of their rights and duties, which, in a critical way, build solutions for growing social problems. The school, as a social institution of educational character, should promote an educational approach that integrates this vision of education committed to the development and global citizenship. This research aims to examine the contributions that training and collaborative work have on the professional development of teachers, centered on reflection and promotion of Human Rights in schools. A qualitative methodology was adopted, in the frame of a case study. The participants of the study were 21 teachers and 42 6th grade students of Viana do Castelo. Data collection used the following instruments: questionnaires, interviews, observations and document analysis. The analysis of the results allows us to infer that the analyzed teachers training and the collaborative work, besides contributing to the promotion of Education in Human Rights in schools, were professional development strategies for the participating teachers. In addition to the knowledge gained it enabled them to confront with other practices and reflect with peers on the same, to improve them. Students involved in activities at school also benefited, not only because the concepts they have learned, but also for the skills developed, such as oral communication, how to relate with others and problem solving ability. Although teachers and students demonstrated familiarity and interest in issues of Citizenship and Human Rights, their integration into the school routine in a transversal and systematic way is far from a reality, especially with regard to the relationship between the local and the global. It is therefore necessary that these issues be further addressed in the initial, in-service and post graduate teachers training.

Keywords: Supervision; Teacher training; Peer reflection; Collaborative Work; Human Rights.