HomeRevistaResumos de TesesDo Pensar ao Agir: fundamentos para um Projeto de Educação para a Cidadania Global no Ensino Secundário

Arquivo

Categorias principais

Do Pensar ao Agir: fundamentos para um Projeto de Educação para a Cidadania Global no Ensino Secundário

Título da dissertação: Do Pensar ao Agir: fundamentos para um Projeto de Educação para a Cidadania Global no Ensino Secundário

Autoria: Eduardo Carlos Faria Marques 

Natureza do Estudo: Dissertação de Mestrado

Instituição: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

Ano: 2015

Disponível em: http://repositorio.ul.pt/handle/10451/22487

 

Resumo

O objeto de análise deste trabalho é a educação para o desenvolvimento e para a cidadania global no sistema educativo formal. A investigação está ancorada num olhar epistemológico da Filosofia sobre as Ciências da Educação, no âmbito da educação para cidadania global. O projeto da tese situa-se na descoberta dos fundamentos filosóficos da educação para o pensar e para o agir, numa leitura crítica sobre conceitos como globalização e desenvolvimento, na clarificação das narrativas sobre a educação para a cidadania global e na implementação de um projeto de investigação-ação no ensino secundário do Externato de Penafirme.

O trabalho empírico consistiu na elaboração de um guião pedagógico construído de forma partilhada, colaborativa e interdisciplinar, na formação de professores, na sensibilização da comunidade escolar, cruzando saberes para uma educação plural atenta aos problemas que se colocam ao cidadão do século XXI. Na educação para a cidadania global o princípio da responsabilidade emerge como imperativo ético. Na esteira de Michel Serres descobre-se uma proposta filosófica que reabilita o ser humano, num compromisso entre a humanidade e a natureza. O contributo de Vanessa Andreotti clarifica os fundamentos da educação para a cidadania global, o educador comprometido, que cria as condições para um pensamento crítico na procura de soluções para os problemas globais. Trata-se de uma educação libertadora e democrática, que se constrói na beleza do encontro com o outro. Este novo olhar que emerge no contexto educativo não é uma prescrição mas uma filosofia.

Palavras-chave: Cidadania Global; Educação para o desenvolvimento; Globalização; Educação para a Cidadania; Interdisciplinar.


 

Abstract

The purpose of this research is to identify possibilities of educating for development as well as for global citizenship within the formal educational system. The investigation is founded on a epistemological insight of philosophy into the Educational Sciences, within the education for a global citizenship. The thesis of the project lies in the discovery of the philosophical foundations of education for thinking and acting, critical reading concepts such as globalization and development, clarifying narratives on education for global citizenship and ultimately establishing an action-research project in secondary education of Externato de Penafirme.

The empirical work consisted of developing a pedagogical script, prepared cooperative and interdisciplinary; teacher training and ultimately raising awareness of the school community, crossing knowledge for a plural education, mindful to the problems facing the twenty-first century citizens. In the education for global citizenship the principle of responsibility emerges as an ethical imperative. One can discover, after Michel Serres, a philosophical proposal that rehabilitates the human being in a compromise between humanity and nature. The contribution of Vanessa Andreotti shows the foundations of education for global citizenship - those of a committed educator who can create the conditions for critical thinking, finding solutions for global problems. It is all about a liberating and democratic education, which is built on the beauty of the encounter with the other. This new look that emerges in an educational context is not a prescription but a philosophy.

Keywords: Global Citizenship; Development Education; Globalization; Citizenship Education; Interdisciplinary.