HomeBibliotecaSinergias das 2 às 3

Sinergias das 2 às 3

O Sinergias das 2 às 3 é uma dinâmica virtual da Comunidade Sinergias ED que pretende ser…

… um espaço informal e comunitário de partilha de conhecimento;

… um momento para refletir os processos pedagógicos à luz da Educação para o Desenvolvimento;

uma oportunidade para potenciar o trabalho em rede.

O Sinergias das 2 às 3 acontece devido à participação e ao envolvimento dos membros da Comunidade Sinergias ED, uma vez que são os próprios que idealizam e dinamizam cada sessão numa lógica de educação entre-pares e de valorização dos conhecimentos existentes dentro da Comunidade.

 

 DO MEDO À TRANSFORMAÇÃO SOCIAL 

Intervenção de Luísa Teotónio Pereira, a 31 de março de 2020, sobre como podemos converter o medo numa força de transformação para uma sociedade justa, democrática e sustentável.

  (Clique na imagem para aceder ao vídeo)

Luísa Teotónio Pereira é educadora e ativista de Educação para o Desenvolvimento. Fundadora da ONGD portuguesa CIDAC (Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral) e antiga diretora executiva do GENE (Global Education Network Europe).

 

ROTEIRO DE CONVERSAS "DO VIME À CESTA"

Este pretende ser um roteiro de quatro encontros para pensar e construir uma cesta de propostas que nos ajude a regressar a um mundo diferente na fase de recuperação da COVID-19. A proposta é aproveitar os novos tempos da epidemia global como uma oportunidade de construir um novo olhar sobre o mundo em que vivíamos, sobre quem fomos, quem somos e quem poderemos ser a nível pessoal, profissional, comunitário, societal e global.

1. O que queremos manter deste nosso mundo?

Luísa Teotónio Pereira deixou-nos, na sessão anterior, a metáfora que as crises, em geral, podem funcionar como uma radiografia da sociedade. Este tempo é por isso oportuno para fazermos uma radiografia do nosso mundo, deixando claro o que queremos manter e o que precisamos de alterar. Esta radiografia foi o ponto de partida da intervenção de Ana Leonor Santos, docente na Universidade da Beira Interior, a 7 de abril de 2020, que nos fez pensar sobre as coisas positivas que devemos fazer permanecer no mundo. 

(Clique na imagem para aceder ao vídeo)

2. O que não pode continuar deste nosso mundo?  Intervenção de Vanessa Marcos, a 14 de abril de 2020, teve como fundo a segunda pergunta geradora do roteiro: o que não pode continuar neste nosso mundo? Continuamos assim a aprofundar, em conjunto, a radiografia do mundo. 

(vídeo brevemente disponível)

 

 

OS FUTUROS DA EDUCAÇÃO - APRENDER A TRANSFORMAR-SE 

A UNESCO está a promover a iniciativa Os Futuros da Educação: Aprender a Transformar-se que tem como objetivo repensar a educação e moldar o seu futuro. Através da promoção de um debate e auscultação global sobre como podemos transformar o conhecimento, a educação e a aprendizagem num mundo crescente em complexidade, incertezas e precariedade, esta iniciativa pretende dar resposta aos desafios que a Humanidade e o Planeta enfrentam atualmente. No âmbito desta auscultação mundial, o projeto Sinergias ED impulsionou, no dia 16 de julho de 2020, um espaço de reflexão coletiva através de dois grupos focais de modo a contribuir para este debate. Apresentam-se de seguida os relatórios que compilam as reflexões originadas.

           

 

Clique aqui para aceder aos relatórios dos grupos focais

     

 

 

DESAFIOS DA COMPONENTE CURRICULAR DE CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO

O ano letivo de 2020/2021 iniciou-se com várias problemáticas, entre as quais a discussão em torno dos “Desafios da componente curricular de Cidadania e Desenvolvimento”. No seguimento de vários manifestos e contra-manifestos, abaixo-assinados, discussões, artigos em jornais e conversas informais, a Comunidade Sinergias ED quis também ela refletir criticamente sobre este tema e sobre os desafios que temos pela frente enquanto educadoras e educadores.

É neste contexto que nos dias 9 e 30 de setembro e 19 de outubro de 2020 decorreram, via zoom, três conversas Sinergias das 2 às 3 dedicadas ao tema dos “Desafios da componente curricular de Cidadania e Desenvolvimento”. Estas conversas foram promovidas pela Comunidade Sinergias ED e nela participaram 39 pessoas ao longo das 3 sessões, incluindo da Comunidade Sinergias ED e várias pessoas ligadas a esta área de intervenção educativa.

Este percurso reflexivo pretendeu constituir-se enquanto contributo para a reflexão e ação em torno da pertinência e da validade da existência da disciplina e da área da Educação para a Cidadania na Escola, na sequência do debate que nasceu a partir do Manifesto intitulado “Em defesa das liberdades de educação” que reclama “a objeção de consciência” à disciplina de Cidadania e Desenvolvimento (C&D).

Aqui poderão encontrar o conjunto das principais conclusões e ideias resultantes deste percurso reflexivo, nas quais se pretendeu chegar a algumas orientações concretas, que poderão constituir ferramentas importantes para eventuais trabalhos futuros nesta área.

 

As sessões focaram-se em torno de 4 ideias-chave, nomeadamente:

 

 

      1. Como dar maior visibilidade ao bom trabalho que já é realizado na disciplina de C&D envolvendo todos os atores (docentes, estudantes, comunidades educativas,...)?

      2. Como capacitar mais e melhor os/as educadores/as responsáveis por esta disciplina e as respetivas comunidades educativas?
      3. Como revisitar o caminho já realizado na implementação da componente de C&D com um sentido crítico por forma
        propor melhorias?
      4. Como podemos construir pontes e diálogos com as pessoas e grupos que sentem que os seus direitos são postos em causa
        por esta disciplina?

Aceda aqui à memória da 1ª sessão.

Aceda aqui à memória final

 

 

 Em forma de resumo, deixamos aqui vários documentos que foram sendo partilhados sobre este tema em vários fóruns, incluindo aqui na Comunidade Sinergias ED:

  • Documento "Em defesa das liberdades de educação" que exige o direito "objecção de consciência das mães e pais quanto à frequência da disciplina de Educação para a Cidadania e Desenvolvimento"
  • Resposta do Secretário de Estado no facebook 
  • Artigo do Secretário de Estado no jornal Público "A cidadania não é facultativa"
  • Manifesto promovido pela ANIMAR "Cidadania e Desenvolvimento: a Cidadania não é uma opção!"
  • Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania





 

Biblioteca | Livros e Artigos | Revistas e Publicações Institucionais | Vídeos produzidos | Outros documentos produzidos | Ciclo de Webinars Internacionais 2020 Escola Comunitária Sinergias ED 2019 | Encontro Internacional 2018 | Encontro Internacional 2016 Imprensa